Governo monitora paciente com suspeita de coronavírus em Paulínia

O governo estadual informou nesta quinta-feira (30) que monitora um caso suspeito de coronavírus em Paulínia (SP). Segundo o estado, trata-se de um homem de 45 anos que está bem, estável e recebendo cuidados em casa em isolamento domiciliar.

Este é o primeiro caso suspeito da doença no interior do estado de São Paulo, informa o governo. Os outros dois são na capital. “Os números são dados oficiais registrados pelos municípios em um sistema de informação do Ministério da Saúde”.

“O paciente esteve na China e após desembarcar no Brasil apresentou febre, tosse, coriza e dificuldades para respirar. Foi atendido em serviço privado, onde foram colhidas amostras para análise laboratorial, e o paciente foi liberado com indicação de isolamento domiciliar.”, informou o governo.

A prefeitura de Paulínia informou que a Secretaria Municipal de Saúde está se reunindo e discutem o assunto.

Casos no estado

Os outros dois casos suspeitos do estados são um menino de 6 anos, que tem febre e tosse, com histórico de retorno da China no dia 19, e um homem de 33 anos, que viajou de volta da China no dia 20 de janeiro. “Este apresentou febre, tosse e dor de garganta e foi atendido em um hospital privado da capital”, informou o estado.

OMS declara emergência internacional

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou nesta quinta-feira (30) que os casos do novo coronavírus 2019 n-CoV são uma emergência de saúde pública de interesse internacional. São milhares de infecções na China e em 18 países. Com isso, uma ação coordenada de combate à doença deverá ser traçada entre diferentes autoridades e governos.

Fonte: Jornal Americanense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *